A tecnologia, que combina ar quente seco e vapor, trouxe inúmeras vantagens, agilizou processos e proporcionou mais economia e qualidade aos alimentos.

Eles surgiram na Alemanha, no início da década de 1970, como uma evolução dos fornos de convecção, mas somente cerca de 10 anos depois chegaram ao Brasil. A tecnologia, que combina ar quente seco e vapor, trouxe inúmeras vantagens, agilizou processos e proporcionou mais economia e qualidade aos alimentos.

Esse tipo de forno combina ar quente com umidade, assim, o vapor de água vai sendo jogado com uma ventilação forçada. Os alimentos ficam mais suculentos e perdem menos peso. Com isso, se ganha-se em produção, os produtos ficam padronizados e economiza-se água e energia, além de mão de obra.
Os benefícios fizeram com que, rapidamente, os fornos combinados conquistassem seu espaço nas cozinhas comerciais.

Além da qualidade maior e da padronização dos alimentos, o forno combinado proporciona muita economia, pois utiliza menos água e energia ou gás, aumentando a produtividade. Também diminui em 80% o consumo de óleo, já que o equipamento consegue extrair a gordura do próprio alimento. Permite, no geral, uma redução de 40% nos custos.

O forno combinado por possuir várias funções, dispensa ou diminui,o uso de outros equipamentos otimizando seu espaço.

Sobra motivos para você investir nessa tecnologia e melhoras seus rendimentos.